domingo, 3 de outubro de 2010

Caminhando e cantando e seguindo a canção: somos todos iguais braços dados ou não...

Cantei isto nos em 1968/69 e ínício de 1970,
nos Festivais da Canção,
pelas ruas do Rio em passeatas,
comícios, nas portas de faculdades,
escadarias da Câmara na Cinelândia,
na passeata dos 100 mil,
em casa,
chorando de indignação
e em aulas de História para meus alunos
ou mesmo em shows de MPB,
como protesto.

Hoje esta frase veio à minha mente por causa das eleições,
por causa da renovação da esperança,
mas também pelo momento particular que estamos vivendo.

Ah, se eu ainda tivesse 17 ou 19 anos
e tivesse tanta garra e força e fé na vida e fé no homem...
Ainda tenho, mesmo com pés pesados
e sujos de tanto fincar marcos
e fazendo força pra ninguém me tirar o que
ainda resta de alegria, esperança e
Fé na Vida, na Vida DELE.

Diferentes que somos,
igualados pela Fé no Cordeiro de Deus e
pelo ideal de vocacionados para uma missão integral e total do homem,
com a bandeira da Educação a nos chamar -
cantei isto de novo.

Amigos, enquanto canto,
penso que muitos caminham na mesma fé,
mas os braços não estão dados,
o olhar é outro,
a escuta é outra,
mas são nossos irmãos.

Quantas vidas,
quantas emoções perdidas ou não,
quantas falas duras que ficarão escritas
ou marcadas em muitos corações.

O que sempre me consola
é que Deus tudo vê,
e ouve,
e sonda nossas entranhas.

Sigo hoje cantando não o * estribilho -
que todos conhecem bem,
mas outra estrofe que diz:

Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição...

Que Deus nos ajude e que ajudemos uns aos outros, de braços dados ou não.

* estribilho:
Vem, vamos embora que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora não espera acontecer...

Com carinho

abraços
westh ney
"No essencial - unidade; nas diferenças - liberdade; e em todas as coisas - o amor." (teólogo Peter Meiderlin)

***********************


3 comentários:

  1. I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

    ResponderExcluir
  2. A PALAVRA DE DEUS é uma JANELA através da qual a alma vislumbra um mundo novo, onde nada e ninguém a influencia. Nele se aprende a viver os conceitos que valem mais que o ouro e se recebe a VERDADE que implanta a PAZ, independente daquilo que se experimenta fora d’ELA.

    ResponderExcluir
  3. PARABENS PELO BLOG E PELOS TEXTOS!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui para que possamos refletir juntos. Obrigada por visitar e escrever .