sexta-feira, 1 de junho de 2012

Duas e duras realidades no Rio de Janeiro!

Em uma excursão, um aluno de uma Escola Pública ao acabar de descer a Serra da Grota Funda e ver uma estrada bonita e grande com o Shopping do Recreio e outros prédios perguntou bem baixinho à sua professora, minha amiga:
- Professora, será que eles entendem se eu falar do jeito que falo?

Em outra excursão, da mesma Escola, o ônibus veio pela Av. Brasil e ao avistar o aeroporto o menino gritou todo feliz: - Estamos no Brasil!
Ele conhecia o aeroporto das imagens televisivas das novelas...
E eu chorei ao ouvir estas duas histórias. 
Em julho irei conhecer estas crianças. É de doer!

Ontem estive em  uma outra Escola do Rio de Janeiro, centenária, da rede particular na Zona Sul da cidade. Linda, organizada, bem estruturada, com muitas crianças e muitos cursos extras. Dá gosto andar por lá, por lindos e grandes corredors limpíssimos. Lá existe um Coro lindíssimo. 

Perguntei   à minha amiga que lá trabalha, se eles um dia poderiam cantar na Tijuca para outras pessoas, meus alunos de música  conhecerem aquele lindíssimo trabalho vocal que assisti durante parte da manhã. Ela respondeu  que seria muito difícil por problemas de segurança, permissão dos pais e que eles, na maioria,  nunca atravessaram o túnel Rebouças.

Não conhecem a outra metade da sua cidade...

E cá  estou eu ainda impactada com estas duas realidades educacionais

2 comentários:

  1. Dura e triste realidade... Até quando???

    ResponderExcluir
  2. hoje o mundo passa por uma mistura de cristianismo com humanismo.temos que viver por princípios bíblicos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui para que possamos refletir juntos. Obrigada por visitar e escrever .